ESTUDO BÍBLICO A RESPEITO DA CRUCIFICAÇÃO DE JESUS. CRUZ OU ESTACA? QUAL SERIA A FORMA CORRETA DA CRUCIFICAÇÃO?

 

TEXTO BÍBLICO:

 

JOÃO 20:20 ¨E, DIZENDO ISSO, MOSTROU-LHES AS MÃOS E O LADO. DE SORTE QUE OS DISCIPULOS SE ALEGRARAM, VENDO O SENHOR.

JOÃO 20:25 ¨DISSERAM-LHE, POIS, OS OUTROS DISCÍPULOS: VIMOS O SENHOR. MAS ELE (TOMÉ) DISSE-LHES: SE EU NÃO VER OS SINAIS DOS CRAVOS EM SUAS MÃOS, E NÃO PUSER O DEDO NOLUGAR DOS CRAVOS, E NÃO PUSER A MÃO NO SEU LADO, DE MANEIRA NENHUMA CREREI.

JOÃO 20:27 ¨DEPOIS DISSE A TOMÉ: PÕE AQUI O TEU DEDO E VÊ AS MINHAS MÃOS; CHEGA TUA MÃO E PÕE-NA NO MEU LADO; NÃO SEJA INCRÉDULO, MAS CRENTE.

 

 

 

Cruz

 

Significado: Um pilar vertical com viga horizontal, fixado perto do topo, onde os condenados eram executados no mundo romano.

Formas de Cruz:

(1)- Crux Simplex: a cruz simples, a saber, um pilar único ou estaca vertical;

(2)- Crux Commissa ou Crux humilus: a de Stº Antônio, na forma de um T.

(3)- Crux Decussata: a de Stº André na forma de um ¨X¨;

(4)- Crux Immissa: a cruz latina (Tradicional);

(5)- Cruz de São George: formada por dois pedaços do mesmo comprimento (+);

(6)- Cruz Tripla: Três cruzes em uma fileira, usada pelos sacerdotes e dignatários da Igreja a partir do século v.

 

Comentário:

 

1 - Dados Arqueológicos

 

Aceita-se de forma geral, que Cristo foi crucificado na crux immissa ou Cruz latina, visto que as Escrituras declaram que a inscrição ¨ Este é Jesus, o rei dos judeus ¨, foi colocada sobre sua cabeça (Mt 27:37; cf. Mc 15:26; Lc 23:38; Jo 19:19). Na Cruz Decussata (a de Stº André) e a na Crux comminsa ou Crux humilus ( a de Stº Antônio), isso não poderia ter sido feito, pois nesses tipos de cruzes, não há local para se colocar uma inscrição dessas sobre a cabeça do individuo que estivesse crucificado. Além dessa lógica bíblica, temos também, a arqueologia, que comprova por vários achado, está linha de raciocínio.

                A cruz em forma de um sinal, pode ter sido usada pelos primeiros cristãos judeus de Jerusalém, antes da destruição de Jerusalém em 70 d.c. Ossuários ( caixas retangulares de pedra onde se depositavam ossos humanos) foram encontrados em 1945 no subúrbio de Talpioth, sendo que uma delas estava marcada em cada um dos quatro lados com uma cruz rudimentar, como um sinal de mais (+). Outro ossuário marcado, de forma similar, encontrado em cemitério aparentemente cristão no Monte das Oliveiras (FLAP, PP, 331 SS). Na cidade de Herculano destruída em 79 d.c. pela erupção do Monte Vesúvio, uma casa escavada mostrava uma cruz latina gravada na parede de cimento em cima de um pequeno gabinete de madeira, considerado como um local de oração ou altar.

 

O Instituto de Pesquisa Cristã ( IPC ) aborda uma curiosidade muito interessante acerca da cruz!

 

O livro do conhecimento que conduz à vida eterna (p. 67) das Testemunhas de Jeová, traz uma figura de Jesus preso em um estaca de tortura com as mão sobrepostas, pregados os anti-braços e não as mãos, por um único cravo (prego), e acima, os dizeres ¨ Jesus Nazareno, Rei dos Judeus ¨. Isso parece ser contraditório até mesmo com a Tradução Novo Mundo ou por que não dizer com a bíblia no geral em sua outras versões. No texto de João 20:25 Tomé disse: ¨Se eu não ver os sinais do cravos (pregos) em suas mãos¨. A palavra cravos (pregos) está no plural, o que significa mais de um e por cima indica nas mãos, se não, poderíamos dizer que eram mais de um prego por que estavam nas mãos e nos pés, mas a Bíblia é bem clara... cravos (pregos), em suas mãos. Ou seja, um  prego em cada mão, o que parece não combinar com o livro do conhecimento que conduz a vida eterna (p. 67) das Testemunhas de Jeová.

Além do mais, em Mt 27:37 diz que os dizeres estavam sobre a cabeça de Jesus e não sobre seus braços. Se Jesus fosse crucificado numa estaca de tortura, suas mãos estariam em sentido vertical, e certamente a bíblia seria clara em dizer que as inscrições acima citadas estariam sobre suas mãos e não sobre sua cabeça.

COMETÁRIO FINAL: Em 1 Jo 2:27 aprendemos uma grande lição acerca do conhecimento: . 27 E, quanto a vós, a unção que recebestes dele permanece em vós, e não necessitais de que alguém vos ensine; mas, como a unção da parte Dele vos ensina todas as coisas, e é verdadeira e não é mentira, e assim como vos tem ensinado, permanecei em união com ele. (Traduação Novo Mundo).  Não estou aqui, com este versículo, fazendo apologia a que nós não devemos dar atenção aos mestres, professores e até doutores na palavras de Deus! E sim dizer que temos uma unção de Deus que nos ensina, a bíblia é o único livro que quando se lê o autor está presente, desde que convidado, creio eu.

                O fato é que sempre onde há homens, estamos sujeitos a erros e não há coisa melhor que a própria bíblia para revelar isso, dentro de uma linha hermenêutica de interpretação.

                Não podemos engolir tudo que nos apresentam! Devemos sim examinar, estudar, pesar na balança e depois aceitar convictos tais verdades. Um exemplo disso eram os crentes Beréia que conferiam tudo que houviam.

                Tomé viveu com o Mestre; quando ele disse que queria ver os sinais dos cravos em suas mão é por que na época era este o método usado para executar uma condenação por crucificação. Não há dúvidas disso!

               Quando Jesus se apresntou ao discípulos, Ele lhes apresentou as mão a não os anti-braços! E os discípulos vendo se alegraram! Tomé em sua incrédulidade disse que queria ver os sinais do cravos (pregos) em sua mão e não nos anti-braços! Então quando Jesus se apresentou a Tomé Ele mesmo disse: põe aqui o teu dedo e vê as minha mão! Ele disse vê as minhas mãos e não o anti-braço!

 

 BÍBLICAMENTE ESTÁ PROVADO! JESUS FOI CRUCIFICADO EM UMA CRUZ!

 AFIRMAR QUE JESUS FOI CRUCIFICADO EM UMA ESTACA É ANTI-BÍBLICO.

 

Pb. Cosme Bittencourt