Após assumir a paternidade de dois adolescentes, o bispo Gabino Zavala, auxiliar de Los Angeles, teve a renúncia aceita pelo papa Bento XVI nesta quarta-feira.

Segundo o arcebispo da localidade, Jose Gomez, a arquidiocese prestará ajuda espiritual à família e ainda arcará com despesas de universidade dos jovens, que moram com a mãe em outro estado.

Gomez classificou o episódio como “triste e difícil” e ressaltou o isolamento do bispo mexicano de 60 anos, que deixou de participar das atividades religiosas desde que deixou o cargo.

Em nota, o Vaticano citou a lei canônica, que garante o direito de renúncia aos bispos antes da idade normal para aposentadoria, em caso de doença ou incapacidade do exercício da função.